Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
Navegar para Cima

Skip Navigation LinksRastreabilidade

Solicitar código de barras

Rastreabilidade

​​​​​​​​​​A rastreabilidade surgiu devido à necessidade de saber a localização de determinado produto na cadeia logística. Este conceito representa a capacidade de recuperação do histórico, da aplicação ou da localização de um produto por meio de uma identificação única do produto, da captura, do vínculo e do compartilhamento de informações em todos os processos de negócios. 

Os padrões de identificação da GS1 Brasil (GTIN, códigos de barras, entre outros), são utilizados no mundo inteiro e garantem visibilidade de ponta a ponta em toda a cadeia de suprimentos. As empresas podem acompanhar a trajetória e a exata localização de seus produtos, a qualquer momento. 

Cada vez mais indústrias estão voluntariamente desenvolvendo programas de rastreabilidade voltados para a melhoria da eficiência, para ajudar na proteção de suas marcas e para garantir que seus alimentos, medicamentos e materiais médicos ou brinquedos sejam seguros. Em suma, a rastreabilidade é agora uma parte vital da cadeia de suprimentos.

Segurança do paciente 


A preocupação com a segurança do paciente e a autenticidade dos medicamentos se torna cada vez mais presente em todo o mundo e a qualidade dos serviços de saúde é fundamental para controlar os​ riscos a que o paciente está submetido. 

A GS1 orienta o setor para o uso de padrões de identificação, captura e compartilhamento de informações, que proporcionarão uma melhora na gestão, dispensação e rastreabilidade dos medicamentos em diversos processos, seja na cadeia de suprimentos ou intra-hospitalar. 

Em face a essa necessidade global de cada vez mais garantir a segurança do paciente, todos os envolvidos no setor da saúde, desde órgão reguladores, passando pelo fabricantes, distribuidores e dispensadores, tem discutido e adotado padrões globais para a harmonização de processos e rastreabilidade de medicamentos e dispositivos para saúde. 

Por exemplo a Rastreabilidade de Medicamentos em diversos países é obrigatório e regulada pelas agencias do setor, atualmente são mais de 70 países que estão em discussão e/ou implementação da rastreabilidade de medicamentos com o uso do padrão GS1. 

O padrão de identificação recomendado é o GTIN – que identifica o produto de forma inequívoca, e o padrão de captura automática é o código GS1 DataMatrix, que atende perfeitamente a necessidade do setor, uma vez que é ele pequeno e permite a codificação de diversas informações num único código.   

No Brasil, a ANVISA regulamentou a rastreabilidade de medicamentos e também de dispositivos médicos, tudo com o olhar focado na segurança do paciente entre outras necessidades locais (diminuir a falsificação, roubo de cargas etc).

Como exemplo deste processo que ainda está em transformação, já existem diversos cases de implementação da rastreabilidade de medicamentos no Brasil.  Várias empresas fabricantes estão codificando medicamentos na linha de produção e na outra ponta diversos hospitais utilizam essa tecnologia para levar aos paciente a melhor segurança possível.

Conheça mais sobre o código GS1 DataMa​trix​
​​

Segurança do alimento

Você sabe qual caminho o alimento que você consome percorre? 

Um alimento percorre diferentes caminhos até chegar à mesa do consumidor e com os atuais problemas com produtos contaminados, bactérias e produtos impróprios para consumo, surgiu um interesse maior dos consumidores sobre o que leva para sua casa. 

Para evitar esses casos, agricultores, varejistas e governo vêm adotando medidas para garantir a segurança dos alimentos. Com o padrão global de rastreabilidade GS1 é possível saber a origem do produto e o seu percurso do produtor ao consumidor tornando qualquer processo mais seguro.

A rastreabilidade é especialmente usada para determinar ações em caso de produtos alimentícios que precisam ser recolhidos. Por ser construído com base em padrões globais, abrangendo de uma ponta da cadeia de suprimento à outra, pode assegurar acesso imediato à informações precisas do produto, o que possibilita um recall imediato e abrangente. 

As normas GS1 têm como base uma identificação única garantindo a exclusividade dos códigos que são atribuídos a cada produto ou serviço. Por exemplo, um alimento é codificado com um determinado código, o palete onde o mesmo é transportado é codificado com outro, o seu transporte com outro, e assim consecutivamente até o produto chegar ao ponto de venda. 

As soluções de rastreabilidade da GS1 também são ideais para garantir que o alimento esteja dentro das exigências dos padrões de comunidades que seguem tradições religiosas, crenças ou estilo de vida. Existem hoje várias etiquetas e selos que garantem que o item comercializado é resultado de práticas comerciais corretas, garantindo que os alimentos e as áreas de alimentação sejam halal, kosher, orgânicas, vegetarianos, vegans ou ecologicamente corretas. 

Além disso, os Padrões GS1 tornam mais fáceis a garantia da qualidade e um controle preciso de estoque. 

Conheça mais sobre o código GS1 DataBar​​. ​

​​