Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
Compartilhe:

Índice GS1 Brasil de Atividade Industrial

 Índice GS1 Brasil de Atividade Industrial – Setembro 2020 (publicação 01/10/2020)

indiceset2020.PNG 

O Índice GS1 Brasil de Atividade Industrial para o mês de setembro apresentou queda de 4,6% na comparação com o mês anterior no dado livre de efeitos sazonais. Comparado ao mesmo mês do ano anterior, o índice apresenta aumento de 5,6%. No acumulado de 12 meses o índice apresentou queda de 13,6%, tendência também identificada no acumulado do ano (-12,4%). 


"Seguindo a tendência dos últimos dois meses, mesmo com a queda identificada no comparativo mensal, o índice Atividade Industrial superou o realizado no mesmo mês do ano passado.

Até o momento, os resultados sugerem que o pior já passou, mas ainda não recuperamos as perdas acumuladas no ano e as empresas vivem um momento de cautela com relação às incertezas do controle da pandemia.  É necessário que a estabilidade do índice se mantenha nos próximos meses para que possamos confirmar a retomada das atividades e da confiança do empresariado."

- Virginia Vaamonde, CEO da GS1 Brasil. 


Clique para acessar a série histórica de 2002 até 2020.

Clique para acessar as tabelas regionais e setoriais.


 
Correlação com PIM (IBGE) - Detalhe últimos 2 anos


 indiceGraficodetalhe.png


Correlação com PIM (IBGE)


indiceGrafico1.png
 

 Entenda o Índice GS1

Índice antecedente de produção industrial que mede a intenção de lançamento de novos produtos no Brasil, por meio dos pedidos de códigos barras pelas empresas.

  • ORIGINAL – dado bruto reflete as solicitações de GTIN mês a mês.
  • DESSAZONALIZADO – série livre de efeito sazonal, exclui efeitos típicos de meses específicos e permite uma avaliação mais intuitiva de tendência do crescimento da série entre os meses (ex. comportamento histórico de aumento de pedidos por conta de datas comemorativas).
  • O Índice GS1 Brasil de Atividade Industrial será divulgado:
    • Todo 1º dia útil do mês
    • Primeiro indicador antecedente de Indústria a ser divulgado
    • Poder explicativo adicional – não direto – com significância estatística
    • Relacionado com Inovação – portfólio de produtos das empresas
    • Setores relacionados com CNAE – Divisão 10 a 33
    • Número Índice (Base: média de 2012 = 100)