Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
Bem-vindo à GS1 Brasil A Linguagem Global dos Negócios
Navegar para Cima

Skip Navigation Links83--j%25C3%25A1-buscam-a-internet-para-decidir-a-compra

Compartilhe:
04/07/2016

83% já buscam a internet para decidir a compra

No Brasil, 83% das pessoas recorrem à internet para buscar informações sobre os produtos e os meios de compra no varejo. O dado consta na terceira edição da pesquisa "Consumidores e empresas: tendências e comportamento no mercado nacional", realizada pela Associação Brasileira de Automação - GS1 Brasil. A maioria dos entrevistados (86%) afirma que sempre se conecta para saber sobre a qualidade das mercadorias, enquanto 81% fazem comparações de preços e 76% verificam a data de validade dos itens.

"O consumidor está altamente antenado. Podemos perceber que, ao longo das décadas, a tecnologia mudou, e isso acabou influenciando o comportamento dele. Na busca online, por exemplo, ele quer dados mais detalhados dos produtos, ser mais assertivo na compra e comparar os tipos mercadoria que procura", observa a gerente de Inteligência de Mercado da GS1 Brasil, Marina Pereira.

Lojas físicas

Depois da Internet, 41% dos brasileiros preferem se informar sobre os produtos que desejam comprar indo às lojas físicas e 22% conversando com amigos e familiares. Anúncios publicitários e contato com fabricantes são as opções menos escolhidas pelos entrevistados (33%). "Meios como TV, jornais e revistas passaram a ser canais onde os consumidores têm um conato inicial com as mercadorias ou encontram informações complementares", acrescenta Marina.

Código de barras

Mesmo dividido em relação ao conhecimento dos recursos do código de barras, os consumidores percebem que essa tecnologia pode se tornar uma fonte de entrada de informações em seus smartphones, não sendo restrita à indústria, distribuição e varejo. No futuro, 89% dos entrevistados pretendem utilizar o código de barras para fazer pagamentos e consultar os preços das mercadorias; 83% querem usá-lo para efetuar compras em supermercados, em lojas e saber a validade dos produtos; e 79% para ler o rótulo dos itens. Além de consumidores, a GS1 Brasil também ouviu empresas.

Segundo o levantamento, 87% dos empresários entrevistados têm a intenção de investir em tecnologia no próximo ano, mesmo no momento de crise econômica pelo qual passa o País. O presidente da organização, João Carlos de Oliveira, lembra que a automação favorece os mercados à medida que auxilia empresas de diferentes setores a reduzir custos, diminuir processos e aumentar a produtividade.

Vantagens

"O consumidor é beneficiado diretamente com esses investimentos, podendo achar preços mais competitivos e produtos com mais qualidade", explica. Para a pesquisa, foram entrevistadas 425 pessoas acima de 18 anos de idade e 550 empresas de todo o País. Os dados foram apresentados durante coletiva de imprensa realizada em São Paulo na última quinta-feira (30), no Hotel Unique, onde também ocorreu o evento "Brasil em Código" - 6ª Conferência Internacional da GS1 Brasil.

Antenados

"O consumidor está altamente antenado. Ao longo das décadas, a tecnologia mudou. Na busca online, por exemplo, ele quer dados mais detalhados dos produtos"

Marina Pereira - Gerente de Inteligência de Mercado da GS1

Fonte: Diário do Nordeste