Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
Bem-vindo à GS1 Brasil A Linguagem Global dos Negócios
Navegar para Cima

Skip Navigation Linksabrafarma-vendas-em-farmacias-crescem

Compartilhe:
16/07/2014

Abrafarma: vendas em farmácias crescem

As vendas do varejo farmacêutico cresceram 14,22% de janeiro a maio de 2014 na comparação com o mesmo período do ano anterior, de acordo com a Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma). A entidade reportou que o faturamento das grandes redes brasileiras somou R$ 12,7 bilhões nos primeiros cinco meses de 2014.

 
Acompanhe nossas atualizações no Facebook, no LinkedIn e no Twitter.
 
O indicador revela que as vendas em maio mantiveram o ritmo que vinha sendo registrado até abril, quando o crescimento ante o ano anterior era de 14,74%. Até então, o faturamento havia somado R$ 10 bilhões em quatro meses.
 
Em nota, o presi​dente da Abrafarma, Sergio Mena Barreto, afirmou que a expansão nestes cinco primeiros meses superou as expectativas da entidade. "Ficaremos satisfeitos caso consigamos manter o mesmo desempenho e tivermos, no final de 2014, o mesmo crescimento porcentual de 13% obtido no ano passado", comentou.
 
Entre as categorias, a que mais teve elevação em vendas foi a de produtos de higiene e cosméticos e outros não-medicamentos. Estes itens tiveram alta de 17,24% nas vendas de janeiro a maio ante igual período de 2013, fechando os cinco primeiros meses do ano com faturamento de R$ 4,211 bilhões.
 
Já as vendas de medicamentos cresceram 12,8% na comparação anual, acumulando R$ 8,572 bilhões. Considerando-se apenas os medicamentos genéricos, a alta foi de 7,98% na mesma comparação, chegando a R$ 1,507 bilhão.
 
A quantidade de lojas abertas das grandes redes associadas à Abrafarma também subiu. As companhias saíram de 4,820 mil pontos de venda em 2013 para 5,243 mil em 2014. A Abrafarma reúne as 29 maiores redes de farmácias do País e considera que as redes associadas representam cerca de 40% das vendas de medicamentos do Brasil.
 
Fonte: Revista PE​GN​​​