Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
Compartilhe:
16/10/2014

Automação comercial cresce e revendas de TI se preparam

Leitores de código de barras, terminais de autoatendimento e impressoras fiscais são alguns produtos da Elgin presentes no portfólio da AGIS. Distribuidora espera crescer 50% neste segmento em 2015.

 

Acompanhe nossas atualizações no Facebook, no LinkedIn e no Twitter.

 

Salvador, 15/10/2014 - Ao chegar ao caixa do supermercado para passar seus produtos, o cliente é questionado pela atendente se deseja incluir o CPF na nota fiscal. Em seguida ela passa o código de barras de cada item no leitor. Os valores são somados e registrados pelo software e o total aparece no monitor. A caixa registradoraabre, mas o comprador prefere inserir o cartão de débito no terminal de pagamento (TEF). O recibo é impresso e o freguês se retira com suas compras.

 

A automação comercial está cada vez mais presente no varejo. De acordo com os números mais recentes da Associação Brasileira de Automação Comercial (Afrac), o setor movimentou mais de R$ 3 bilhões no país no ano passado, com 2,2 milhões de pontos de venda (PDVs) automatizados. Esse número equivale a apenas 25% dos varejistas brasileiros, mas a expectativa da entidade é alcançar50% até 2017.

 

É um mercado promissor para as revendas de TI, que têm buscado as distribuidoras para abastecer seus clientes. “Percebemos uma demanda crescente desde 2013. Por um movimento de convergência tecnológica, nossos canais já atendem pequenos projetos, que no médio prazo devem precisar de ainda mais estrutura em atendimento para este tipo de negócio”, afirma Edson Bucci, gerente de marketing da AGIS, uma das principais revendas de TI do país.

 

 

A distribuidora oferece toda a linha de produtos de automação comercial da fabricante Elgin, incluindo:

Balanças

Caixas registradoras

Computadores

Gavetas para PDV

Impressoras de cheques, etiquetas, fiscais e não fiscais

Leitores de código de barras fixos e de mão

Microterminais

Registrador eletrônico de ponto

Terminais Touch, de pagamento e recarga (TEF), e de autoatendimento

 

Para 2015, a AGIS planeja a criação de uma unidade de negócios baseada na força da capilaridade junto ao canal para suprir pedidos das revendas de automação em infraestrutura de TI, especialmente em mobilidade e conectividade. Além disso, a Distribuidora está em negociações com outros fabricantes especializados em coletores de dados e pin pads (máquinas leitoras de cartões), e espera crescer 50% até o final do próximo ano.

 

 

“O mercado está pedindo e as revendas estão se preparando. O conceito de venda de solução oferece melhores margens, já que envolve mais inteligência no negócio. Este é um movimento sem volta, e quem não se preparar abre espaço para a concorrência”, ressalta Bucci.

 

 

Para mais informações, acesse: www.agis.com.br