Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
Bem-vindo à GS1 Brasil A Linguagem Global dos Negócios
Navegar para Cima

Skip Navigation Linksbauru-testa-carteira-de-trabalho-digital

Compartilhe:
09/05/2014

Bauru testa carteira de trabalho digital

​O uso da tradicional CTPS (Carteira de Trabalho e Previdência Social) chegou à era da tecnologia e, gradativamente, passa a ser digital em todo o Brasil. No Estado de São Paulo, Bauru é uma das únicas cidades já autorizadas a emitir a carteira digital. Entretanto, quem ainda possui versão tradicional em branco não deve se preocupar, pois o documento continua valendo.

 
Acompanhe nossas atualizações no Facebook e no LinkedIn.
 
Menor e com menos páginas, o modelo traz um código de barras e a numeração está presente em todas as páginas do documento. “Isso impossibilita casos de fraude como, quando a pessoa rouba de outra carteira páginas preechidas e coloca na dela”, afirma Vitória Alexandre Lima, chefe do setor de Emprego, Salário e Formação Profissional do Ministério do Trabalho de Bauru.
 
Mais compacta, a carteira digital não possui as páginas para anotações de recolhimento sindical e também o espaço para preenchimento profissional.
 
A principal mudança trazida pela carteira de trabalho digital é um código de barras e um cadastro sobre o histórico da vida profissional do trabalhador que pode ser acessado em qualquer lugar do Brasil.
 
“Assim que fica pronta a carteira digital, um cadastro é criado no site do Ministério do Trabalho. Para lá vão todas as informações da vida profissional da pessoa, presentes na nova carteira”, explica Lima.Ela aponta ainda que o número da carteira tradicional não é mesmo da digital. Porém, no modelo novo, constará o número do antigo.
 
SP é o último Estado a receber a evolução
O Estado de São Paulo foi o último a receber o novo documento por conta do volume de emissão da CTPS ser o maior do Brasil. Além de Bauru, Andradina, Araçatuba, Araraquara, Birigui, Presidente Prudente e Ribeirão Preto são as cidades paulistas que já possuem o novo modelo.
 
Segunda a chefe do setor responsável do Ministério do Trabalho de Bauru, Vitória Alexandre Lima, o processo no Estado  vai ser gradativo. Ela explica também que muitas pessoas solicitaram a emissão do documento, que leva de 7 a 10 dias para ficar pronto, mas que não foram buscar. A falta de carteiras tradicionais para emissão de novos documentos, problema enfrentado na grande São Paulo, já atinge Bauru, pelo menos no Ministério do Trabalho da cidade, as carteiras estão em falta no órgão. “Aqui estamos sem a carteira tradicional. Quem optar por ela, terá que fazê-la no Poupatempo da cidade”, explica Lima.
 
Opinião

 
Juliana Torres Gimenez, coordenadora da Genesis RH
 
 
 
 
Benefícios da carteira digital
 
A mudança traz diversos fatores positivos. Todo o histórico profissional do trabalhador fica documentado no site do Ministério do Trabalho. É um comprovante a mais na hora da aposentadoria, principalmente porque muitas pessoas perdem a carteira ou precisam de um documento de uma empresa que fechou. Para a seleção, este registro comprova realmente o que o candidato fez na vida profissional. Muitos omitem alguns pontos para tentar levar vantagem na seleção.
 
 
 
 
MAIS
 
 
Como e onde fazer a CTPS Digital em Bauru
 
A Carteira de Trabalho e Previdência Social Digital é emitida apenas no Ministério do Trabalho de Bauru, que fica na quadra 32 da rua Araújo Leite, 70. No Poupatempo da cidade, apenas o documento tradicional é emitido, por enquanto.
 
 
 
 
Documentação
 
Para emitir a carteira digital é necessário levar o documento de identidade (RG),  CPF e comprovante de residência, todos em cópia e original. A foto 3x4 não é necessária, pois a imagem será feita no local. O prazo para que o documento fique pronto é de sete a 10 dias.
 
Fonte: Diário de São Paulo​