Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
Bem-vindo à GS1 Brasil A Linguagem Global dos Negócios
Navegar para Cima

Skip Navigation LinksBrascol-reduz-custo-e-aumenta-seguran%25C3%25A7a-com-RFID

Compartilhe:
03/12/2014

Brascol reduz custo e aumenta segurança com RFID

​Uma das maiores atacadistas e distribuidoras de roupas infantis do país atinge alto nível de controle de estoque com padrão GS1 para identificação por radiofrequência.

Em busca de maior segurança nos processos de entrada e saída dos volumes comercializados, a Brascol – uma das maiores atacadistas e distribuidoras de vestuário para bebês e infantojuvenil do Brasil – investe em solução de identificação por radiofrequência (RFID) de produtos e em processos logísticos das suas lojas na capital paulista, no bairro do Brás. Com alto volume de compra, venda, movimentação de carga e expedição de pedidos, a maior necessidade da Brascol era agilizar a logística, reduzir o tempo da expedição e automatizar o sistema de compra dos clientes.
Uma solução orientada pela Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil e construída pela ITAG Tecnologia proporcionou uma precisão nesses processos de quase 100%. A Brascol investiu em equipamentos e softwares geradores de etiquetas inteligentes e personalizadas para os itens como vestuário, calçados, roupas de banho e puericultura tanto de fabricantes diversos quanto produtos da própria marca. A ITAG também foi responsável por implementar o sistema em todos os processos desde a entrada de produtos, a conferência das mercadorias, a contabilidade, a administração, a área de vendas, os caixas até a expedição.
O resultado não poderia ser melhor. Após a implantação do sistema automatizado, a Brascol conseguiu não somente um histórico dos produtos seguro mas também eliminar perdas em função de manuseio inadequado e furtos. Atingiu controle total de seus estoques, ter uma economia operacional e, principalmente, oferecer uma expedição otimizada de atendimento aos clientes varejistas.
Para se ter uma ideia, o tempo de venda hoje para uma compra de 300 itens é de 20 minutos, contra 60 minutos gastos pelo comprador antes da implantação da RFID. Esse processo se repete em todas as etapas que exigem conferência como, por exemplo, o recebimento de mercadorias dos fornecedores ao levá-las para a área de vendas, nos caixas, no estoque (cada loja tem um próprio), nas embalagens dos produtos já vendidos e na separação para despachá-los aos varejistas.
Há 26 anos como uma das principais lojas do Shopping Mega Polo Moda – importante ponto de comércio atacadista – além de possuir uma loja de rua, a Brascol relata os principais benefícios percebidos ao adotar o padrão GS1 e a tecnologia RFID:
Controle de estoque
Agilidade na separação e entrega da mercadoria
Qualidade e assertividade no atendimento a clientes e fornecedores
Redução de despesas
Ajustes de custos de pessoal e de processos
Padrão
Nessa nova fase da Brascol, a Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil orientou a ITAG, fornecedora da tecnologia a fazer uma etiqueta que pudesse atender ao padrão global GS1 – que inclui identificação, captura de dados e troca/compartilhamento de informação. A etiqueta inteligente produzida para os itens de marca própria está de acordo com o padrão global GS1, que identifica a empresa e seus produtos com uma numeração única e serial por meio do EPC (Código Eletrônico de Produto). As peças fabricadas por fornecedores externos ainda não estão nesse padrão.
 
“A GS1 também dá suporte para a ITAG e a Brascol ampliarem o uso do padrão global junto à sua cadeia de fornecedores, que atualmente utiliza uma codificação da Brascol. A ideia é que cada fornecedor faça uma identificação individual em seus produtos usando o padrão GS1, trazendo vantagens a todos os envolvidos na cadeia”, explica Wilson Cruz, assessor de negócios da Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil.