Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
Compartilhe:
25/03/2015

E-commerce investe em publicidade para atrair público feminino

Estudo recente da Forrester Research sobre o comércio eletrônico, realizado a pedido do MercadoLivre nas regiões metropolitanas do Brasil, revela que as mulheres vêm comprando online em um ritmo mais acelerado do que os homens. De 2011 a 2014, o percentual de mulheres que compram via Internet passou de 56% para 67%; enquanto o percentual de homens se manteve estável no período, com 65%. Dentro dessa realidade, varejistas do setor feminino anunciam cada vez mais seus produtos e fazem publicidade digital nos marketplaces, sites que exibem ofertas de vendedores para compradores.

Os produtos mais comprados pelas mulheres, de acordo com o estudo, são os livros (33%), seguidos por Moda (32%), Sapatos (30%) e, empatados, cosméticos, computadores e periféricos (ambos com 26%). De acordo com a última pesquisa do e-bit, a categoria de Moda cresceu mais de 45% em 2014 comparando com 2013.

Em 2014 o Brasil obteve um crescimento de 24% no e-commerce e para este ano a expectativa é que cresça mais 20%. Mais 100 milhões de pessoas no país navegam, buscam, pesquisam e compram produtos online. Os investimentos em marketing, design e métricas, alinhado ao aumento do acesso à Internet pela população brasileira, que passou a utilizar mais o celular e o tablet para compras, são alguns dos motivos para esses números expressivos.

Fonte: Maxpress Net - SP