Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
Bem-vindo à GS1 Brasil A Linguagem Global dos Negócios
Navegar para Cima

Skip Navigation Linksinternacional-2

Compartilhe:
16/09/2013

Internacional

O Brasil busca estabelecer pesquisas para descobrir a causa do desaparecimento das abelhas, fenômeno mundial conhecido como Desordem do Colapso das Colônias (DCC). Em agosto, a Comissão de Agricultura e Reforma Agrária do Senado realizou audiência pública sobre o problema, que tem sido atribuído ao uso do inseticida neonicotinoide. Enquanto isso, países como o México começam a rastrear suas colmeias.

 
Acompanhe nossas atualizações no Facebook e no LinkedIn.
 
A iniciativa está sendo adotada pela cooperativa Apicultores de Nochistlán, cuja produção anual supera 15 toneladas de mel. Os produtores apostam no código de barras para poder rastrear todo o processo e garantir as exigências sanitárias cobradas por compradores, caso dos Estados Unidos. “O controle, antes manual, ficou mais eficaz com a tecnologia”, destaca o gaúcho João Carlos de Oliveira, presidente da GS1 Brasil - Associação Brasileira de Automação, entidade responsável pelo padrão de identificação de produtos e serviços na cadeia de suprimentos.
 
A autenticação da qualidade do mel de aproximadamente três mil apicultores no Estado de Yucatán foi feita pela GS1 México. Agora é possível saber se as abelhas foram medicadas, se a colmeia se moveu e também o tipo de mel produzido. O processo também permitiu identificar os produtores e certificar a cadeia de fornecimento, desde armazenadores, passando por envasadores até chegar aos exportadores para a Europa.​