Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
Compartilhe:
16/04/2014

Maioria dos varejistas brasileiros acredita na mobilidade para reduzir custos

​​A grande maioria dos varejistas brasileiros reconhece os benefícios para redução de custos proporcionados pelas tecnologias móveis, de acordo com levantamento realizado pela Business Marketing Solution a pedido da Motorola Solutions. O estudo, divulgado nesta segunda, 31, mostra ainda que as empresas gaúchas são as mais abertas a utilizar esses recursos.

 
Acompanhe nossas atualizações no Facebook, no LinkedIn e no Twitter.
 
Segundo a Motorola Solutions, 94% dos participantes acreditam que utilizar tecnologias móveis ajuda a reduzir custos. Quase a totalidade (98%) afirmou ainda que esses recursos permitem melhorar a produtividade. Já para 96% o atendimento ao cliente também melhora ao usar a mobilidade. Entre as 300 empresas varejistas brasileiras entrevistadas (segmentos de drogarias, eletroeletrônicos, supermercados, materiais de construção, lojas de departamentos e vestuários), as do Rio Grande do Sul se mostraram mais propensas a utilizar essas tecnologias.
 
A pesquisa da Motorola Solutions mostra ainda que há espaço para o setor avançar no uso das tecnologias móveis. O levantamento afirma que 78% das empresas consultadas utilizam leitores de códigos de barra na frente de caixa, sendo que 61% desses aparelhos ainda são fixos.
 
Entretanto, o varejo já entende a importância de se montar uma rede Wi-Fi: 88% das empresas afirmam utilizar essas redes sem fio e, dos 12% que ainda não possuem essa estrutura, 9% (75% desses 12%) pretendem implantar. Na Grande Porto Alegre, 100% das empresas entrevistadas afirmaram contar com o serviço.
 
No estado de São Paulo, 28% utilizam sistemas de rádio para a comunicação entre funcionários. No Rio de Janeiro esse índice é de 22% e no Paraná, 17%. De acordo com o levantamento, 49% das empresas "já ouviram falar" da tecnologia RFID, sendo que 4,73% afirmaram que já a utilizam. Entre os que não possuem a tecnologia, 36% disseram que pretendem implantar.
 
Fonte: Teletime - 31/03/14