Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
Compartilhe:
16/03/2015

Pequenos empreendedores recorrem à Associação Brasileira de Automação para impulsionar negócios

Soluções de gestão com base em padrões globais GS1 inserem pequenos negócios no universo da cadeia de abastecimento

A maior parte do universo de associados da Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil – ou seja, 78% – é formada por micro e pequenas empresas. Isso quer dizer que 45 mil pequenos empreendimentos percebem que a adoção de padrões GS1 na automação e no relacionamento com fornecedores e clientes agrega valor aos negócios e os inserem na cadeia de abastecimento. O primeiro dos padrões a ser implantado é o código de barras nos produtos. A partir daí, uma série de procedimentos de automação e logística faz com que a empresa esteja inserida em um patamar mais alto dos negócios.

Das 58 mil empresas associadas da entidade no país, a indústria de alimentos é a mais representativa. Nela se inclui o agronegócio com 31,5% das associadas. O setor da indústria em geral lidera com 32% delas, enquanto comércio fica com 28%, serviços com 5% e o restante distribuído por 20 outros setores da economia. A mesma realidade se reflete quando é analisado o universo dos associados micros e pequenos empresários. De acordo com o Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação-IBPT, o setor de indústria e agronegócio representa 11,4% das 17 milhões de empresas abertas atualmente no país.

Apesar do alto índice de abertura de empresas no Brasil, no entanto, 48,2% não sobrevivem no mercado após três anos de existência, segundo dados publicados pelo IBGE em 2012. O papel da Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil diante desse cenário é mostrar como os benefícios da automação podem aumentar as chances de sucesso nos negócios – a começar pela padronização da comunicação na cadeia de abastecimento, uma vez que possibilita o compartilhamento de dados e informações entre os parceiros comerciais. A GS1 Brasil tem como principal objetivo apoiar empresários quando iniciam seus projetos e ao longo da vida do empreendimento. O resultado é eficiência na gestão e vantagem competitiva por meio da identificação padronizada dos processos.

Ferramenta online – Além das soluções de automação, a GS1 Brasil estruturou um sistema na web para organizar a base de dados dos produtos das empresas associadas, o que torna possível a consulta das informações alimentadas pelos fabricantes a partir de qualquer lugar. Trata-se do Cadastro Nacional de Produtos–CNP, uma ferramenta gratuita aos associados com 1,38 milhão de produtos cadastrados por mais de 11 mil empresas que utilizam a ferramenta. Destas, 83% são classificadas como micros e pequenas.

O CNP é importante para micro e pequenos empreendedores que buscam espaço no mercado. Com ele, o empresário cadastra os números de identificação dos produtos e descreve as informações detalhadas de cada item, obtendo o controle das mercadorias e melhor gerenciamento das informações. Além disso, o CNP serve como uma porta para a expansão da empresa, uma vez que fornecedores, distribuidores e varejistas podem ter acesso às informações cadastradas. A plataforma integra os parceiros comerciais por um sistema que pode ser acessado por qualquer dispositivo e em qualquer lugar.