Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
Bem-vindo à GS1 Brasil A Linguagem Global dos Negócios
Navegar para Cima

Skip Navigation Linksradiofrequencia-rfid

Compartilhe:
03/06/2013

Radiofrequência (RFID)

​O Laboratório de Estudos e Aplicações em RFID do CPqD acaba de se tornar um dos oito centros de testes no mundo acreditados pela GS1 EPCglobal, entidade internacional dedicada ao desenvolvimento do uso da tecnologia de identificação por radiofrequência (RFID) em redes de negócios. Isso significa que esse laboratório do CPqD, inaugurado há pouco mais de dois anos, possui todos os cenários de testes exigidos para emitir certificações com o selo da GS1 EPCglobal para os fornecedores de produtos e soluções baseados em RFID.

 
Acompanhe nossas atualizações no Facebook ​e no LinkedIn.
 
“O objetivo é garantir o melhor desempenho dos produtos etiquetados com RFID, em diversas situações e ambientes”, afirma Alessandro Andreo, Gerente de Soluções em Tecnologia Wireless do CPqD. Para isso, são realizados diversos testes de desempenho em centros com capacidade de simular esses cenários, de acordo com as normas e padrões da GS1 EPCglobal. E o Laboratório de Estudos e Aplicações em RFID do CPqD recebeu a acreditação da entidade por oferecer cenários de testes abrangentes e em conformidade com as versões mais atualizadas das normas e padrões aplicados à tecnologia.
 
Montado com o apoio do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT), do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, e da FINEP, esse laboratório do CPqD é um dos maiores e mais bem equipados da América do Sul nessa área. Possui uma câmara semianecóica com capacidade para fazer avaliações simulando o uso da tecnologia RFID em ambientes de grandes dimensões - por exemplo, em centros de distribuição ou veículos. Completamente blindada, essa câmara (que tem 7 metros de altura, 19 metros de comprimento e 10 metros de largura) é revestida internamente por placas absorsoras e simula um ambiente aberto, mas sem interferências eletromagnéticas externas. 
 
Essa moderna infraestrutura vem sendo utilizada pela indústria e por empresas usuárias da tecnologia RFID no país com o objetivo de avaliar o desempenho de produtos e sistemas, bem como de metodologias e técnicas para a implementação e otimização de soluções baseadas nessa tecnologia. Além disso, o Laboratório de Estudos e Aplicações em RFID do CPqD oferece suporte ao desenvolvimento de produtos e, ainda, à realização de estudos de viabilidade técnica e econômica de projetos envolvendo o uso de identificação por radiofrequência.