Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
Bem-vindo à GS1 Brasil A Linguagem Global dos Negócios
Navegar para Cima

Skip Navigation Linkssetor-da-saude-2

Compartilhe:
21/10/2013

Setor da saúde

A organização sem fins lucrativos, Health Level Seven International® (HL7®) reiterou seu apoio à GS1 ao se juntar aos mais de 50 principais players do setor da saúde em todo o mundo, ao assinar um documento que endossa e apoia a adoção do Sistema de Padrões GS1 para o setor da saúde como o padrão global mais adequado para a cadeia de suprimentos do Setor da Saúde.

 
Acompanhe nossas atualizações no Facebook e no LinkedIn.
 
Os líderes do setor da saúde assinaram o documento apoiando a GS1 depois que McKinsey & Company publicou um relatório afirmando que "a implementação dos padrões globais em toda a cadeia de suprimentos do setor da saúde poderia salvar entre 22.000 a 43.000 vidas e evitar sequelas em 0,7 a 1,4 milhões de pacientes." O relatório também afirma que um sistema único e global, baseado em padrões irá impedir que dezenas de bilhões de dólares em medicamentos falsificados penetrem na cadeia de suprimentos, proporcionando benefícios de  segurança substanciais, que reduziriam os custos com o setor da saúde de US$40 bilhões e custaria bem menos do que dois ou mais sistemas.
 
GS1 e HL7 deram outro grande passo para melhorar a saúde global na Conferência do Setor da Saúde promovida pela GS1 de 1 a 3 de outubro em São Francisco, CA. As duas organizações renovaram seu Memorando de Entendimento (MOU) para trabalhar em conjunto com ao intuito de reduzir erros médicos e aumentar a eficácia da cadeia de suprimentos do setor da saúde por meio da assinatura do Presidente e CEO da GS1, Miguel Lopera, e do CEO da HL7 CEO, Dr. Charles Jaffe, a uma extensão do acordo para unir forças a fim de atingir esses objetivos.
 
Este evento é um marco importante na cooperação global do setor da saúde global entre as duas principais organizações globais de padrões do mundo. A GS1 é uma organização global e imparcial, sem fins lucrativos, com sede em Bruxelas, que desenvolve e gerencia o sistema de padrões mais difundidos e usados no mundo inteiro. A HL7, uma organização sem fins lucrativos, com sede em Ann Harbor no estado de Michigan, desenvolve padrões de interoperabilidade informatizados internacionalmente no setor da saúde, e é considerada o player mais importante do mundo, em relação à interoperabilidade do setor da saúde. A GS1 possui Organizações-Membro em mais de 110 países e os padrões da HL7 são utilizados em 55 países.
 
"É com grande satisfação que a GS1 une-se à HL7 para associar o desenvolvimento e a adoção dos padrões da cadeia de suprimentos globais da GS1 com os padrões da HL7, para que, em primeiro lugar e acima de tudo, de interoperabilidade da tecnologia da informação da saúde, melhore a segurança do paciente em todo o mundo", disse Lopera. "A integração dos Padrões GS1 para a  cadeia de suprimentos e dos padrões da HL7 usados na troca, armazenamento e recuperação de dados no setor da saúde, tem sido e continuará sendo fundamental na redução dos custos no setor da saúde, desde os fabricantes até os pacientes, bem como a melhora na segurança do paciente", disse Jaffe.
 
Outro item no topo da agenda na Conferência Global do GS1 Healthcare, em São Francisco, foi como implementar a nova regra de Identificação Única de Produtos para a Saúde (UDI) do FDA (Administração Federal de Alimentos e Medicamentos). UDI é um sistema usado para marcar e identificar materiais médicos dentro da cadeia de suprimentos do setor da saúde, que irá fornecer dados e informações importantes sobre o produto, em um banco de dados mantido pelo FDA. A regra UDI do FDA, que entrou em vigor em setembro, obriga os fabricantes a incluir uma versão de texto simples de identificação de dados e uma versão codificada que usa a tecnologia de Identificação Automática e Captura de Dados (AIDC), tais como códigos de barras lineares / bidimensionais e etiquetas RFID.
 
O Sistema de Padrões GS1 permite que todas as partes interessadas atendam de forma eficiente e eficaz às exigências UDI, garantindo a interoperabilidade e compatibilidade dentro de uma organização, entre organizações e além das fronteiras. Enfim, um único padrão, acelera a implementação e aumenta a conformidade com os regulamentos da UDI. Mais de 110 Organizações Membro da GS1 e 2.000 funcionários em todo o mundo, fornecem suporte aos usuários sobre como implementar a UDI em seu idioma local e entender as necessidades locais.​