Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
Bem-vindo à GS1 Brasil A Linguagem Global dos Negócios
Navegar para Cima

Skip Navigation LinksPalavra-do-Presidente---Fevereiro-2014

Compartilhe:
13/02/2014

Palavra do Presidente - Fevereiro 2014

João Carlos de Oliveira​

João Carlos de Oliveira​​

​​Em janeiro deste ano, um grupo coordenado pela GS1 Brasil participou da NRF Retail’s Big Show 2014, maior evento mundial do varejo e de visitas técnicas nos Estados Unidos e Canadá, onde são apresentadas as tendências e as soluções tecnológicas para o ponto de venda que vão refletir em todo o mundo nos próximos anos.

Em nosso grupo, tivemos a participação de representantes da Coop, Supermercado Dias Pastorinho, Supermercado Rondelli, Grupo Yamada, Jotujé Distribuidora, Super Apolo e Super R. Barros, além de dirigentes de entidades ABRAS -

Associação Brasileira de Supermercados e ABAD - Associação Brasileira de Atacadistas e Distribuidores. O Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) foi representado pelo secretário de comércio e serviços, Humberto Luiz Ribeiro da Silva, e pelo o chefe de gabinete Laércio Roberto Lemos de Souza.

O número de participantes cresce a cada ano e isso demonstra o crescente interesse do varejista brasileiro em acompanhar o cenário global e as inovações apresentadas. Há dois anos, os brasileiros compõem a maior delegação internacional, somando 2 mil pessoas.

As tendências para o varejo e indústria apresentadas na NRF para os próximos anos são: a experiência de compra, a customização, a visibilidade e a importância de se trabalhar com os dados (big data).

Já no Canadá, as visitas foram organizadas pela GS1 local. O primeiro varejo que o grupo conheceu foi a Shoppers Drugmart, farmácia requintada com um espaço nobre de cosméticos e a inserção de uma área de conveniência com alimentos. Na sequência, o grupo conheceu a Loblaws, a organização que mais vende alimentos no Canadá e para fechar a agenda, visitamos o centro de distribuição da Sobeys, que é totalmente automatizado.


Portanto, acredito que estamos alinhados com toda essa realidade e trabalhando para atender um consumidor mais exigente e conectado. A NRF nos comprova o quanto o Brasil está inserido no mercado global.